Alunos do Colégio IDESA escreveram textos em homenagem a nossa pátria.

Os alunos Vinicius Moscardo Romualdo (3º EM), João Pedro Medeiros Monteiro (5º Ano EF B) e Vinícius Demetrio de Souza Silva (5º Ano EF D) escreveram três lindos textos sobre a independência do nosso Brasil, veja abaixo os textos na íntegra.



Homenagem à Independência


por Vinicius Moscardo Romualdo - 3º Ensino Médio

Em nome de todos os brasileiros e atendendo ao pedido do professor de História, Reinaldo Demétrio, nós, alunos do terceiro ano do ensino médio, dedicamos algumas palavras à nossa Pátria-mãe querida.

Desgastados pelo abuso e controle sofrido por muito tempo, começamos a pensar na situação em que nos encontrávamos e, insatisfeitos com tamanha opressão, decidimos pegar nossas armas. Espadas, escudos, armaduras, tudo o que pudesse ser usado, então, cobertos de razão e transbordados pelo desejo de liberdade, partimos para a batalha.

Junto a Dom Pedro estávamos sedentos por autonomia e alvoroçados pela ansiedade, observávamos o imperador montado em seu cavalo, quando ele, empunhando sua espada, deu um grito que ecoava às margens do Rio Ipiranga: "Independência ou Morte", "Independência ou Morte", "Independência ou Morte". Comemorávamos então, a independência, muito esperada, porém, ainda não plenamente alcançada.

Na cabeça, um objetivo; no corpo, a força; nas mãos, a vontade e a esperança; e, na terra, o nosso povo. Em meio à guerra, sangue, berro e morte, buscávamos honrar o mais belo grito já ouvido e, para tanto, lutávamos por nós mesmos. Após difíceis conflitos, conquistamos a tão sonhada independência.

A partir de então, trilhamos o NOSSO próprio caminho com NOSSAS próprias pernas e, contentes, buscamos constantemente viver na justiça. Nosso Brasil pode, agora, aproveitar sua liberdade, porque NÓS batalhamos por ela. A você, brasileiro, o mais sincero agradecimento, e um pedido: não deixemos que nossa luta tenha sido em vão, honre o sangue de cada irmão, e viva amando a mais bela nação. Viva o Brasil! Viva a Independência!



1822, o ano da liberdade!


por João Pedro Medeiros Monteiro - 5º ano B

A independência, não ocorreu em vão

Ela nos deu liberdade

Não ocorreu por Dom João

Ela apresentou a verdade


Nas mãos de Pedro I

Independência ou morte

Nas margens do Ipiranga

O que menos importava era a sorte


Um grito de guerra

Uma grande emoção

O que se espera

Da grande ação


A Independência do Brasil

Foi uma grande jornada

E com isso surgiu

A nossa Pátria amada


E hoje?

O Brasil continua

Buscando a liberdade

Precisamos renová-lo

Não importa a sua idade

Para termos uma Pátria de verdade

Viva a pátria amada!

Viva o Brasil!



A Independência do Brasil


por Vinícius Demetrio de Souza Silva - 5º ano D

O Brasil foi descoberto no século XV

Pelo comandante Cabral,

Ele veio de Portugal

Para expandir o Império Colonial


Em direção à Índia Oriental

Foi em busca de uma especiaria genial

Mas chegou a uma terra fenomenal


O Brasil foi colonizado

As pessoas sofreram maus-tratos

Principalmente, os índios escravizados

E depois vieram os negros capturados


Trabalhavam nas minas de ouro e nas lavouras

Primeiro os índios escravizados

Depois os negros judiados


Havia muita desigualdade

O povo queria que Pedro ficasse

E no dia 7 de setembro de 1822

Conseguia a independência

Portugal parou com sua violência

Viva a Independência!